21º Festival de Jazz

Aos sábados de outubro.

Venha curtir o festival de jazz anual mais antigo da Serra da Mantiqueira.

Traga seu amor, sua família, e vivenciem essas sensacionais tardes e noites de jazz e música instrumental brasileira da melhor qualidade, na Praça do Artesão de tarde e no Jardim Suspenso de noite, em um ambiente especialmente sonhado e feito para isso. 

Desde 1999

Com restaurante.

Nestes sábados de outubro, a casa abre às 21:00h e as reservas são válidas até às 22:00h, quando começa o show, que em geral vai até 0:00h aproximadamente com um intervalo de 15-20 minutos.

Dia 5/out    Traditional Jazz Band

na Praça do Artesão às 15:00h       e no Jardim Suspenso às 22:00h

              Foi no ano de 1964, que um grupo de jovens universitários paulistanos se uniu com a proposta não de copiar o jazz primitivo, mas sim recriá-lo num espírito evolutivo. Nascia a Traditional Jazz Band (TJB) que há mais de quatro décadas mantém viva as raízes do gênero no Brasil.

 

              A banda é formada por Austin Roberts (trumpet), Marcos Mônaco (clarinete, sax-alto, sax-tenor, sax-soprano e flauta), William “Willie” Anderson (Trombone), Luchin Montoya (piano), Eduardo "Dudu" Bugni (banjo e violão), Carlos Chaim (contrabaixo) Alcides Lima, o Cidão (bateria e washboard) que também é o apresentador da banda.

                    O humor é outra característica que não podemos deixar de citar e que está presente durante os shows. O clima é descontraído e informal, misturando música, informação, e muitas vezes os músicos da banda dão a impressão de estarem se divertindo mais que a própria platéia. "Somos um grupo de amigos que se diverte ao tocar para amigos que gostam do jazz", declaram em coro. Já a platéia por sua vez corresponde aos músicos nas apresentações em alguns temas cantam com a banda além de acompanhar as músicas balançando o corpo, enquanto os mais entusiasmados aplaudem os eventuais solos dos instrumentistas incentivando-os.

                    Apesar dessa fantástica cantora não se apresentar nessa noite, esse vídeo abaixo ilustra bem sobre a credibilidade da banda para quem ainda não conhece. 

Ainda Dia 5 na Praça do Artesão 17:00h 

Mistura Brasileira Quarteto

                    Deu Jazz na MPB.

                    Mistura Brasileira, composto por Geo Pinto (saxofone e flautas); Cleber Assumpção (guitarra, violão); Dennis Belik (contrabaixo); Denilson de Paula (bateria), interpreta, numa alquimia musical, composições de artistas consagrados do Jazz e da MPB. Com elementos jazzísticos o grupo propõe aguçar os sentidos rítmicos, harmônicos e melódicos dos ouvintes.

Dia 12/out  BCGM Jam

Bocato, Cuca Teixeira, Glécio Nascimento e Michel Leme

.na Praça do Artesão às 15:00h       e no Jardim Suspenso às 22:00h

                    O quarteto formado por Bocato, Michel Leme, Glecio Nascimento e Cuca Teixeira começou despretensiosamente, numa data em SP, no ano de 2016. 

                    A proposta foi tocar standards do jazz e da música brasileira sem quaisquer combinados prévios ou ensaios, apenas tocando, ouvindo e reagindo no momento.

                    E assim tem sido o espírito das apresentações do quarteto desde então, afinando a sintonia e crescendo musicalmente como uma verdadeira unidade de músicos que entenderam que a cooperação, o respeito, a admiração mútua e o prazer de criar juntos jamais devem ser trocados pela competição ou o uso de artifícios apelativos quaisquer. A música é o elo e a razão de cada encontro deste grupo. Venha fazer parte.

Ainda Dia 12 na Praça do Artesão 17:00h 

Joseval Paes

Big Band 9 integrantes

                 Joseval  Paes, guitarrista com 37 anos de carreira no Brasil e exterior, lidera grupo formado por trez saxofones, dois trompetes,um trombone, contra baixo e bateria. São nove integrantes.

                    Joseval Paes é professor há 17 anos do conservatório de Tatuí.
                    Integra a BIG BAND da mesma instituição. Desenvolve trabalho com o saxofonista HÉCTOR COSTITA há 26 anos, duo com MAURICIO EINHORN,  se apresenta também com o próprio trio, integra a PAULISTANEA SWING BAND.

Dia 19/out Tuto Ferraz Quinteto

.na Praça do Artesão às 15:00h       e no Jardim Suspenso às 22:00h

                        Compositor, Baterista e Produtor, Tuto Ferraz traz para o cenário musical, seu último álbum, Funky Jazz Machine. Acompanhado de alguns dos melhores músicos de Jazz do Brasil, suas composições alcançaram sonoridade única. Tuto criou uma atmosfera atraente, com melodias e ritmos inspirados no Jazz dos anos 50 e começo dos anos 60.          

 www.tutoferraz.com.br     www.youtube.com/tutoferraz 

Ainda Dia 19 na Praça do Artesão 17:00h 

Andrea Brandão                         

                                     &    Júlio Bittencourt Duo

                    Com uma sonoridade única, esse encontro traz o melhor da música brasileira em inusitados arranjos jazzísticos. Homenageando compositores como Tom Jobim, Chico Buarque, Djavan e Dorival Caymmi, entre outros, a cantora Andréa Brandão nos presenteia com seu belíssimo timbre e interpretação, ao lado dos virtuosos irmãos Bittencourt. A maior característica do jazz é reinvenção, e eles apresentam uma "coloração" diferente, da escolha dos sons dos instrumentos à forma que dão a cada canção. Um show que emociona e surpreende.

Dia 26/out Bianca Gismonti Trio

.na Praça do Artesão às 15:00h       e no Jardim Suspenso às 22:00h

                       Desde muito jovem, Bianca assistia aos shows do pai, ao lado de sua mãe - a atriz Rejane Medeiros - e de seu irmão - o violonista Alexandre Gismonti.  Sua casa era repleta de influências musicais e convívio com dezenas de artistas. Aos 9 anos, pediu para começar os estudos de piano. Já aos 15, iniciou sua carreira musical acompanhando o seu pai durante muitos anos, em palcos pelo mundo. Os estudos de piano seguiram na UFRJ e, em 2005, iniciou seu trabalho com o Duo Gisbranco (duo de pianos com Claudia Castelo Branco), que possui três discos gravados e dois DVDs produzido pelo Canal Brasil, aliado a parcerias junto a músicos como Chico César, Jaques Morelenbaum e Mônica Salmaso.

                    Em todos esses anos, a composição seguiu como um caminho natural, e, em 2013, gravou seu primeiro álbum autoral, "Sonhos de Nascimento" (Biscoito Fino), o qual teve a participação de Naná Vasconcelos. Com este disco, realizou turnês internacionais que percorreram Europa, Ásia e América do Sul. Ao final de 2015 foi lançado o seu segundo disco autoral, "Primeiro céu" (Fina Flor), com a formação de Trio ao lado de seu marido (também coprodutor) Julio Falavigna, na bateria, e Antonio Porto, no baixo. Em 2016, o Trio teve o disco lançado pela Quinton Records (Áustria) e Impartment Records (Japão), o estreando durante uma nova turnê pela Europa, África e Ásia.
                     Durante 2016 e 2018, gravou o terceiro álbum do Trio, "Desvelando mares" 
(Hunnia Records), contando com a participação de diversos músicos internacionais, o lançando em 2019 no Brasil, Argentina, Canadá, China, Índia e Europa. 

                     O quarto disco do Trio foi gavado na Hungria em 2018 e será lançado em 2020. "Gismonti 70" (Hunnia Records), será uma homenagem aos 70 anos do pai, reunindo diversas composições de Egberto  que marcaram a sua história, como "Palhaço", "Maracatú" e "Lôro". 

Ainda Dia 26 na Praça do Artesão 17:00h

Giu Nogueira Trio

                    Para esta apresentação, a cantora paulistana Giu Nogueira traz um repertório selecionado cuidadosamente com os clássicos do jazz dos anos 30, temas em inglês e francês, acompanhada pelo guitarrista Ricardo Baldacci e Eduardo Brasil no contrabaixo.

                    Giu Nogueira se encantou com o gypsy jazz durante uma temporada entre a Europa e a Tailândia. Esse estilo musical, também conhecido por jazz manouche (cigano, em francês), foi difundido pelo virtuoso violonista Django Reinhardt, na França, no início da década de 30. Desde que retornou ao Brasil, em 2016, a cantora se dedica ao estudo deste gênero musical, além de misturá-los com temas brasileiros.
                     O lançamento de um EP com releituras de renomados compositores brasileiros em jazz manouche está previsto para o segundo semestre de 2019.

© 2014 por Pousada Jardim Suspenso da Babilônia

Criado por OnurB

  • Facebook App Icon
  • Twitter App Icon
  • Google+ App Icon

(12)-3666-1487

(12) 99765 2435 whats app

Siga-nos!!!